quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Suvaco de Cobra AIPA

Pois é gente já to estreando uma nova produção que foi sofrida e por isso tem o apelido carinhoso de "Suvaco de Cobra"... trata-se de uma American IPA.

Logo, logo posto detalhes da produção

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Rapaz faz tempo que não posto nada na Cerveja Parodia!

Então amigos!

Como dizer para vocês que tive que dar uma parada feroz devido a problemas médicos que me afastaram desse mundo maravilhoso da cerveja...

Mas agora que estou ok vamos voltar a produzir e a fazer cervejas cada vez mais deliciosas.

Um abraço,

Wesley Badona

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Manifesto em favor da continuidade do Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn



Vimos através deste Post apoiar o manifesto abaixo para que o Grupo Schincariol não engavete o concurso "Mestre Cervejeiro", esperamos com isso que o mesmo continue demonstrando sua força como empresa cervejeira que apóia os cervejeiros artesanais e os consumidores que preferem cervejas especiais.

Site Cerveja Paródia "to be beer"




Prezados diretores do Grupo Schincariol e da Cervejaria Sudbrack (Eisenbanh),

Em 2007, ainda sob o comando de Juliano Mendes, foi idealizado e lançado o Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn, voltado para o cervejeiro caseiro, que premiaria a melhor receita com uma produção de 3.000 litros na fábrica. Logo de início, o certame entusiasmou a crescente comunidade cercejeira nacional, tanto pelo ineditismo, quanto pela possibilidade de destacar-se em nível nacional — além de possibilitar à Eisenbahn fabricar uma cerveja excepcional, de receita exclusiva.

Os objetivos foram plenamente alcançados. O homebrewer Leonardo Botto pôde fazer nascer ao mundo sua deliciosa A Dama do Lago. Os consumidores foram pegos de surpresa com uma cerveja altamente diferenciada e inusitada, tanto pela embalagem quanto pelo sabor. A comunidade cervejeira se sentiu mais que orgulhosa por ter o seu trabalho reconhecido. E a Eisenbahn ganhou um produto delicioso.

Adveio então a compra da Cervejaria Sudbrack (Eisenbahn) pelo Grupo Schincariol, e o receio dos entusiastas de cervejas especiais era de que o produto artesanal se “desvirtuasse”, dando lugar a outro menos elaborado, voltado ao “gosto popular”. Esse medo logo se desvaneceu com a constatação da manutenção da excelência dos produtos Eisenbahn. A grande prova disso, a qual serviu para tirar todas as dúvidas dos mais céticos, foi quando anunciado o segundo Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn, já sob a batuta dos novos proprietários da cervejaria blumenauense.

Como era de se esperar, a segunda edição do Concurso causou ainda mais furor. Foi evidente perceber o entusiasmo e a garra com a qual se lançaram os cervejeiros caseiros de norte a sul do país, cientes da chance de ouro que se lhes descortinava. Os resultados foram tão ou mais positivos. A Joinville Porter, dos cervejeiros Ivan Steinbach e Diogo Züge, está sendo ansiosamente esperada pelo consumidor, que finalmente entendeu a proposta do Concurso e é sabedor da excelência das cervejas artesanais.

Nesta Carta Aberta, vimos pedir o óbvio: Que vocês não se furtem a lançar o terceiro Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn. E o quarto, e o quinto, e o milésimo!

Calem os céticos! Continuem provando a eles que a Eisenbahn ainda é e sempre será artesanal! Sigam dando o prestígio que sempre deram ao cervejeiro caseiro! Continuem estimulando a cultura cervejeira nacional da forma empreendedora e saudável que sempre estimularam através do Concurso!

Entendam que vocês são peças-chave nesse processo de transformação de uma importante parcela de consumidores. Compreendam que sempre haverá lugar no mercado consumidor tanto para produtos populares quanto para os melhor elaborados, e o número desses últimos vem crescendo a cada dia. Continuem prestigiando-os!

Só assim, ainda mais com o apoio de vocês, continuaremos a fazer crescer no Brasil uma cultura cervejeira saudável, com cultura e responsabilidade.

Por isso nós, amantes da boa cerveja e interessados que somos na difusão da cultura cervejeira brasileira, pedimos: Que venha o Terceiro Concurso Mestre Cervejeiro Eisenbahn!

————AO LEITOR————

É importante que você manifeste, nos comentários, o seu apoio a esta iniciativa. Vamos mostrar a força da comunidade cervejeira!

Fonte: http://www.brejas.com.br/blog/04-08-2009/carta-aberta-eisenbahn-2801/

terça-feira, 16 de junho de 2009

quinta-feira, 16 de abril de 2009

I Festival Mensal de Gringas: Hacker-Pschorr Anno 1417


Bem enquanto minha querida Saint Benedict - Red Orange Beer está fermentando partiremos para a degustação de umas "Gringas". Neste departamento gosto de degustar em casa após chegar de um dia fatigante de trabalho. Assim depois de buscar a patroa na faculdade fizemos uma janta e pude experimentar uma autentica filha do Grupo Paulaner:

A cerveja Hacher-Pschorr Anno 1417 é um excelente exemplar de cerveja puro malte do estilo Kellerbier (claro que um pouco diferente na versão aqui apresentada, pois na original em barril tem menos gás incorporado), bem para nós antes de tudo essa característica da cerveja envazada em garrafa no estilo Kellerbier é uma virtude e nunca um defeito.

Gostei muito de sua garrafa com acionamento Flip Top e com uma arte do rótulo impressionante.

Quanto ao sabor me fez lembrar um pouco a Vitus. Segue minhas impressões dessa Gringa Alemã:
Cor e brilho: turva, meio alaranjada, meio palha, sem muito brilho.
Espuma: Boa formação, com média a alta duração;
Qualidade da Espuma: bolhas pequenas e consistente quase um creme e média rendagem no copo.
Amargor: bom; qualidade do amargor: bem leve e residual no final do gole, não prejudica o Drinkability.
Aroma: toda força do malte, com vezes que lembra o mosto, leves toques de lúpulo (bem equilibrado), fermento, muito redonda.
Paladar: Encorpada, malte, levemente doce, adstringência perfeita na medida certa.
Avaliação Geral: Muito Boa!

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Saint Benedict - Red Orange Beer




Para comemorar a Pascoa resolvemos fazer uma cerveja bem legal, vamos começar a Saga dessa cerveja pelo seu nome Saint Benedict remonta ao São Benedito que a Wikipedia nos diz que é o Padroeiro dos Cozinheiros; diz a tradição que ter uma imagem de São Benedito na cozinha ajuda a comida ser sempre gostosa.



Bem como homenagem ao dia de sua morte, pois São Benedito morreu aos 65 anos, no dia 4 de abril de 1589, em Palermo, na Itália e como preparativo e comemoração da Pascoa faremos uma American Brown Ale conforme receita abaixo:




Receita:



Preparação para a Moagem:



Durante o Sabado de Aleluia repassarei as etapas de cada processo da confecção dessa maravilha.
Abraços,

WB

sexta-feira, 27 de março de 2009

Saint Benedict Oatmeal Stout




A cerveja preta tem no brasil uma legião adeptos que são apaixonados na famosa "Caracu" da Ambev, atualmente existe uma gama de novas cervejas artesanais, importadas e nacionais, destacando-se, evidentemente, a "Guiness".

Visando dar uma contribuição, mesmo que humilde, para as cervejas artesanais nacionais caseiras refiz uma cerveja artesanal, que foi a 1ª receita que produzi em casa. Trata-se de uma Oatmeal Stout que ficou muito cremosa devido as doses de aveia e de cevada torrada moída.

Atualmente estou utilizando o Carafa tipo III e a aveia continua na fórmula.

Segue impressões do teste sensorial:

Formação de Espuma: média a alta.
Qualidade da Espuma: Estabilidade média a alta.
Amargor: leve a médio.
Aroma: Café, Torrado, Malte, Fermento e Aveia.
Sabor: amargor equilibrado com notas de chocolate, fermento, malte, aveia e lúpulo no final.
Sensação Geral: amargor equilibrado, com muito corpo e uma certa cremosidade.



video